26 Maio 2006

Definição de solo

Deparo-me com várias definições de solo. Porque há sempre uma que tem algo que faz falta noutra, resolvi tentar compilar os conceitos que me pareceram mais relevantes.

s. m., do Lat. solu

Conjunto de materiais minerais, orgânicos, água e ar, não-consolidados, normalmente localizado à superfície da terra, com actividade biológica e capacidade para suportar a vida das plantas.

Como complemento, com um cariz mais enciclopédico, pode-se acrescentar o conceito moderno, traduzido e adaptado do
Soil Survey Manual:

O solo tem o seu limite superior na atmosfera ou, quando submerso, numa camada de água pouco profunda. Nos limites laterais transita gradualmente para águas profundas ou áreas estéreis constituídas por rocha ou gelo. O seu limite inferior é, talvez, o mais difícil de definir. O solo inclui os materiais próximos da superfície que diferem do material rochoso subjacente como resultado da interacção, ao longo do tempo, do clima, dos organismos vivos, do material originário e do relevo. Normalmente, a sua variação é gradual até ao limite inferior com o material originário, onde cessa a actividade biológica, e coincide com a profundidade de enraizamento das plantas perenes nativas.

Dêem também a vossa opinião.

ADENDA (21 Set 2006)
Ver também Redefinição de Solo

1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.